sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Basquete Brasília | UnB em renovação


domingo, 8 de fevereiro de 2015

Coordenação Motora | Capacidade e habilidades motoras no Basquete

Apresentamos aqui alguns exercícios de basquete para o desenvolvimento de coordenação de pés e mãos. Na fase do processo de treinamento em longo prazo de desenvolvimento das capacidades de coordenação devem se utilizar exercícios de coordenação específicos atividades devem ser apresentadas na fase de iniciação do basquete. Vale lembrar, de acordo com SCHMIDT (1993), que as capacidades fundamentais são aquelas natas do indivíduo, relativamente permanentes e estável, que sustentam vários tipos de atividades motoras ou cognitivas. Já as habilidades são modificáveis pela prática e representam a capacidade especifica de executar uma atividade particular. Contudo, com a pratica e experiencia, o iniciante mudam os padrões de capacidades fundamentais cognitivas para capacidades motoras relacionadas aos movimentos dos membros. Por isso defendo a prática de tarefas de coordenação multi-membros em todas as fases do processo de treinamento em longo prazo.
   




Fonte: 
SCHMIDT, Richard A. Aprendizagem e performance motora: dos principios a pratica. São Paulo. Ed. Movimento, 1993.

EHRET, Arno, et al. Manual de handebol: treinamento de base para crianças e adolescentes. Confederação Alemã de Handebol. Trad. Pablo Juan Greco - São Paulo: Phorte, 2002.


sábado, 24 de janeiro de 2015

Desenvolvimento Multilateral | Formação Motora Básica

A Formação Motora Básica vem sendo vista como princípio do desenvolvimento adequado da estrutura do treinamento. A famosa busca pela performance precoce nas categorias de base tem um preço alto no desenvolvimento de um atleta de alto nível. As consequências são muitas:

  •  Não é alcançado o potencial máximo;
  • Abandono da carreira esportiva;
  • Altas taxas de contusão.
Portanto o treinamento nessas categorias objetiva uma estrutura e filosofia de trabalho voltada para o desenvolvimento multilateral e de acordo com o desenvolvimento biopsicosocial nestas faixas etárias.
  • O atual desenvolvimento individual influencia a organização do treinamento;
  • O desenvolvimento multilateral é a base para elevadas performances motoras do futuro;
  • A faixa etária é referencia na utilização dos princípios do treinamento e das cargas no treinamento em relação a frequência, volume e intensidades;
  • Focar no desenvolvimento da coordenação neuromuscular.
Diretrizes de Formação Básica Multilateral
  1. Repertorio técnico amplo;
  2. desenvolvimento da personalidade;
  3. Estabilidade na competição;
  4. Baixa probabilidade de lesões;
  5. Carreira Esportiva mais longa;
  6. Capacidade de rendimento maior.

Fonte:
EHRET, Arno, et al. Manual de handebol: treinamento de base para crianças e adolescentes. Confederação Alemã de Handebol. Trad. Pablo Juan Greco - São Paulo: Phorte, 2002.